27 de dez de 2008

I've got You under my Skin

I've got you under my skin
I've got you deep in the heart of me
So deep in my heart, that you're really a part of me
I've got you under my skin

I have tried so not to give in
I said to myself this affair never gonna go so well
But why should I try to resist, when baby I know so well
I've got you under my skin

I would sacrifice anything come what might
For the sake of holding you near
In spite of a warning voice comes in the night
And repeats the shouts in my ear

Don't you know little fool, you never can win
Use your mentality, wake up to reality
But each time I do, just the thought of you
Makes me stop before I begin
'Cause I've got you under my skin

I would sacrifice anything come what might
for the sake of having you near
in spite of a warning voice that comes in the night
and repeats, how it yells in my ear

dont you know little fool, you never can win
Why not use your mentality, step up, wake up to reality
but each time I do, just the thought of you
makes me stop just before i begin
cause I've got you under my skin
yes I've got you under my skin





MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

26 de dez de 2008

O fim e o início

Vendo este post: E as aulas voltaram tive que voltar aqui e postar. Não, isso não é uma retrospectiva (e provavelmente, não vou escrever retrospectiva)

Não lembrava que comecei o ano com o "Salcixão". Meio de ano com a inesquecível Festa Junina da Praia Vermelha. E fim de ano com a previsível Festinha do IQ.

Bons tempos em que se ria bastante dos outros. Mas isso não vai virar uma retrospectiva. Feliz 1998!

Orkut random total

Sorte de hoje: Jogue com esses números na loteria: 5, 12, 39, 43, 62, 87

Como diz o Erick, its a joke!

*ao som de Foo Fighters - Generator

25 de dez de 2008

Uma queda

Uma queda

Natal, um bom dia pra tomar um tombo de bicicleta. Daqueles colossais. Não me quebrei, mas me ralei bastante. Por precaução, fui à UPA (decidi que era o lugar mais fácil de chegar , considerando que chegar no Lourenço Jorge e no Cardoso Fontes era mais difícil, num feriado com provável excessez de ônibus pro Barra Shopping e para a Serra, que ainda tinha o agravante de ter que atravessar a estrada).

Chegando na UPA, sem nenhuma indicação sobre onde se deveria entrar ou se as pessoas paradas na porta eram parte de uma fila. Não eram. Já na porta, fui "atendido" por um homem e uma mulher, supostamente a triagem. Fui informado que ali não faziam curativo, o cara pediu pra tirar o band-aid do meu queixo pra ver melhor. Não iam costurar ponto (não era o caso) e não tinha radiografia. Se eu quisesse ser atendido, que eu fosse pro Lourenço Jorge, mas que não tinha necessidade, era só passar uma água com sabão de côco e tudo estava resolvido. Não criemos pânico!

No meu entender, a UPA era justamente pra coisas menores, pra não entupir os hospitais com coisas menores. Mas, com falta de curativo e raio-X, fica difícil. Não entendi como pode, um posto de 3 meses (foi inaugurado na época da eleição) já estar com sua radioagrafia quebrada? Provavelmente, desviaram um aparelho meia boca do Cardoso Fontes, fizeram um conserto pra inaguração e, pronto, depois de inaugurado, já podia quebrar de novo. Ninguém quebra um aparelho com 3 meses de uso, não é possível que estejam dando porrada no aparelho pra ele funcionar. Com 3 meses de uso, um aparelho novo ainda estaria na garantia. E, afinal, pra que serve a UPA? Sem curativo? Deve servir só pra bala perdida e dengue, afinal, essas são as falhas do estado que precisam, de alguma forma, ser compensadas. Talvez se tivesse falado que, assim que caí, comecei a me sentir enjoado e com manchas pelo corpo, tivesse sido atendido.

Agora, será que surge um novo Raphael após bater com a cabeça? Feliz 2009! (sem piadinhas de fatorial)

*ao som de Bezerra da Silva (Pai Véio 171, Se Ligar Doutor, Dando Mole Pra Kojak, Foi o Doutor delegado que disse, A necessidade, Pega eu, Na Rocinham Não tenho Lar e Vingança Cruel)

23 de dez de 2008

Para salvar seus favoritos no Firefox

Eis que você chega, abre seu Firefox boladão que é infinitamente superior ao IEca e, decepção, seus favoritos sumiram ?! Não criemos pânico! Estou colocando isso porque já fui algumas vezes no Google procurar isso, então melhor deixar logo registrado aqui. Este problema maluco, acontece de vez em quando, sem uma explicação plausível (eu ahco que não fiz nada de mais com o meu Firefox, mas enfim...) e tomara que não aconteça no Firefox 3 . Eu continuo aqui usando o meu 2 . alguma coisa, sem ser muito Vista e sem detonar minha conquissão de escada.

O primeiro passo é abrir a pasta onde o Firefox salva o backup dos seus favoritos. Essa pasta é :
C:\Documents and Settings\[ seu usuário no Windows]\Dados de aplicativos\Mozila\Firefox\Profiles . Deve ter uma pasta única. Entrar nela e depois em bookmarkbackups . Só copiar o segundo mais novo (o mais novo é o atual, então não faz sentido) e colar em C:\Arquivos de programas\Mozilla Firefox\defaults\profile , apagar o bookmarks.html que tiver lá e renomear o backup pra bookmarks.html . Prontinho, seu Firefox estará com os favoritos salvos. Só não descobri como recuperar os botões da barra de Favoritos, nesse caso tive que apelar pra um print que tirei uma vez e coloquei um a um de novo. Outra forma é ir em Favoritos > Organizar, no próprio Firefox e importar do arquivo do backup, aí tem que caçar a pasta do backup por lá e selecionar o segundo mais novo. É menos trabalho inclusive.

*ao som de Coldplay (God Put a Smile Upon your face, The Scientist, Clocks, Daylight, Green Eyes, Warning Sign)

21 de dez de 2008

Dream Theater -Beyond This Life

Headline: "Murder, young girl killed
Desperate shooting at Echo's Hill
Dreadful ending, killer died
Evidently suicide."

A witness heard a horrifying sound
He ran to find a woman dead and
Lying on the ground

Standing by her was a man
Nervous, shaking, gun in hand
Witness says he tried to help
But he'd turned the weapon on himself

His body fell across that poor young girl
After shouting out in vain
The witness ran to call for assistance
A sad close to a broken love affair

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

She wanted love forever
But he had another plan
He fell into an evil way
She had to let him down
She said, "I can't love a wayward man."

She may have found a reason to forgive
If he had only tried to change
Was their fatal meeting prearranged?

Had a violent struggle taken place?
There was every sign that lead there
Witness found a switchblade on the ground
Was the victim unaware?
They continued to investigate
They found a note in the killer's pocket
It could have been a suicide letter
Maybe he had lost her love

I feel there's only one thing left to do
I'd sooner take my life away
Than live with losing you

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

All that we learn this time
(What we have been is what we have leard)
Is carried beyond this life

All that we learn this time
(What we have been is what we have leard)
Is carried beyond this life

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

Our deeds have traveled far
What we have been is what we are

All that we learn this time
(What we have been is what we are)
Is carried beyond this life

All that we learn this time
(What we have been is what we are)
Is carried beyond this life

16 de dez de 2008

Pra espantar a tristeza

Nada como 10 minutos de exercício aeróbio. Liberar a substância da felicidade e espantar a tristeza!
*ao som de Pink Floyd (Pigs (Three Different Ones))

15 de dez de 2008

Just killing Time - Black Label Society

I sit reflecting, I feel end has begun.
It seems my days, now mirror the setting sun.
So many places, that I have been.
This ride that was long, seems so short in terms of now and then.

For all that has been,
And all that is,
And all that's to be.
Lord I'm just killing time, and time's killing me.

Dead man breathing, just taking up space.
Calloused and weathered, like the lines on ones face.
Dead man breathing, my conscience is bare.
The lining of my soul is torn, yet I no longer care.

For all that has been,
And all that is,
And all that's to be.
Lord I'm just killing time, time's killing me.

For all that has been,
And all that is,
And all that's to be.
I'm just killing time, time's killing me

13 de dez de 2008

Coisas que nunca saem do papel

Descobri que, além do Túnel da Grota Funda e da Linha 6 do metrô, uma outra coisa está no papel mas não está na prática. E é algo que eu usaria bastante.

http://cmrj3.cmrj.gov.br/spldocs/pl/2005/pl0498_2005_006317.pdf

Art. 1° Fica o Poder Executivo autorizado a construir uma ciclovia ligando o Bairro do Anil à Barra da
Tijuca.
Parágrafo único. A ciclovia a que se refere este artigo terá inicio no Bairro do Anil cortando os Bairros
de Rio das Pedras, Muzema, Tijuquinha, Itanhangá chegando ao Bairro da Barra da Tijuca.

Interessante, a Lei é de 2006. Atualmente contamos com uma ciclovia muito maltratada, principalmente na Avenida Ayrton Senna (que também é bem precária, apesar da sua importância, ao contrário da Américas, na parte pop da Barra, que é uma maravilha. Enquanto isso, no Recreio, a Américas tem uma poça d'água de estimação). Vai do Bosque da Freguesia até a praia, teoricamente. Na prática, tem muitas descontinuidades...
Na altura da Gardênia, as oficinas usam a ciclovia e a calçada como se fosse um quintal. Na Freguesia, está boa, felizmente.

Essa ciclovia seria uma boa opção, tanto pra lazer quanto pra locomoção. Mas devia ir até a Freguesia, pelo menos. Muitas pessoas, no Rio das Pedras e adjacências, vão de bicicleta para a Freguesia, muitas vezes se arriscando. Além de ciclovia dar um status a mais pra Freguesia, como uma opção de lazer para os moradores dos prédios que aumentam em número. Como sempre digo, o investimento é baixo e dá resultados.

12 de dez de 2008

Metallica kicks asses

Fato 1: Uma mulher pergunta, no ponto de Bonsucesso, qual o ônibus pra ir pra Barra, sendo que ela tava no lado da rua sentido Avenida Brasil.

O cara pra quem ela perguntou avisa que é pra pegar o ônibus do outro lado.

Fato 2: Ela pergunta qual ônibus deve pegar do outro lado. Ele responde: Qualquer um.

Esta pessoa é potencialmente uma desesperada que vai descobrir que o 267 não passa no Barra Shopping. Um dia, as pessoas ainda vão descobrir que existe Itanhangá, Anil, Freguesia... E que a Ayrton Senna não é a única forma de se chegar na Barra.

As pessoas acham que conhecem a Barra, mas não conhecem nada.

E, que irônico, antigamente, quando não existia a antiga Avenida Alvorada, a combinação Estrada da Barra da Tijuca+Estrada do Itanhangá+Estrada de Jacarepaguá era a única opção. E o barquinho, pra ir pra praia. Tempos românticos, em que as pessoas não pegavam o 267 achando que vai passar na Ayrton Senna.

Hoje mesmo, um cara deu sinal em pleno túnel da Covanca depois que descobriu que o 267 "não passa" na Barra. É muito desespero... Fico puto com esses desesperados. Hahahhha... Imagina se o motorista pára dentro do túnel e o cara vai pegar outro ônibus (175, porque as pessoas também simplesmente ignoram o 179, 233, S-20... Ah, tem as pessoas que conseguem pegar dois 175 numa só viajem). No túnel não dá né. Corrige num lugar seguro!!! De uma coisa não posso reclamar, a faculdade me rendeu muitas histórias de pessoas pegando ônibus errado.

*ao som de Metallica (... And Justice for All), Capital Inicial (Algum dia), Oasis (Wonderwall), Tim Maia (Gostava tanto de você)

"Ao amor só é (tão) banal" - frase no bloco H do CT (Como puderam perceber, o título não tem nada a ver com o conteúdo e essa frase entrou do nada aqui. Era pra deixar a frase solta, mas me animei em falar dos que pegam o 267)

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...