30 de nov de 2010

Matlab em modo de linha de comando

Para acessar o Matlab somente em modo de linha de comando, via terminal, deve ser dado o seguinte comando:

nice -20 matlab -nojvm -nodisplay

Dia de PUC

Bem interessante e divertida a visita ao Labsem na PUC, aquilo é a química que eu esperava ver na faculdade, mas não vi. O épico Windows 3.0 rodando e controlando todo o sistema de injeção de gases tóxicos, as pantufas e o aviso de perigo de gases tóxicos e venenosos. A capela como todas as que já tinha visto até hoje, zoneada. E as beldades da PUC, que fazem idas até lá sempre valerem a pena (é um ambiente convitativo a passar momentos forever alone). Ah sim, hoje peguei uma linha nova (eu acho), 314, parece que é o equivalente da 175 Recreio. E hoje termina Novembro. Finalmente! Com uma média de 1,033 posts por dia (acho que só 3 dias não postei e houve dias que postei duas vezes, não consegui cumprir a meta de postar todos os dias (uma vez porque não deu tempo e as outras duas porque não tinha nada a comentar, provavelmente uma delas também não tive tempo)) [EDIT: A Média acaba de subir para 1,067, pensei que não ia fazer nada, porém acabo de postar uma coisa de matlab para guardar] mas consegui cumprir com o objetivo na média. Que Dezembro seja decente!

*ao som de Blind Guardian (Battlefield e Wait for an Answer)

28 de nov de 2010

Distração

Tutorial expresso de como se desviar do seu estudo (de uma prova que será daqui a 3 dias):
1) Comece a fazer a lista de exercícios que precisa do computador pois está em PDF e, por amor ao meio ambiente e economia, não imprima a lista;
2) Descubra que a lista não tem gabarito e tente fazer no Matlab para conferir;
3) Descubra que você não sabe nada de Matlab e precisa catar o comando na net ou no livro, procurar no Google (aqui começa a desvirtuar);
4) Note também que o Scilab, o qual está instalado no seu computador e é open source, não possui o mesmo comando que o Matlab para fazer convolução. Comece então a pesquisar no Google por um script que faça a mesma coisa no Scilab;
5) Desiste do Scilab e tenta abrir o Matlab da faculdade por ssh;
6) Você entra numa conta porém em outra conta há um código pronto que pode lhe ajudar, porém você não sabe os macetes do ssh e começa a tentar aprender;
7) A essa altura você já está longe da sua lista de exercícios (apesar do papel e lapiseira estarem do teu lado e o PDF da lista estar aberto num alt+tab distante) e decide postar isso no seu blog;
8) Abre o twitter para twittar o link da postagem;
9) Abre o MSN só pra ver quem tá on;
10) Adeus lista de exercícios.

27 de nov de 2010

Canal Viva - A prova definitiva do poder da nostalgia

Pacote de televisão básica com internet de um mega da NET: 69,90
Bolsa de Iniciação Científica: 360,00
Acordar vendo Futurama na televisão: não tem preço

Tem coisas que o meu dinheiro não pode pagar. Para isso, existem os serviços de degustação da NET S2

Esses últimos dias tenho me divertido à beça com a maior opção de canais para ficar passando sem ver nenhum (grande terapia) graças à querida NET que me oferece o cabo da alegria, com televisão aberta sem ruído (no chifrinho, era só Globo e Record e olhe lá) e alguns (poucos) canais fechados , além da BANDA LARGA. Pra dizer a verdade, a maioria dos programas da televisão fechada é um lixo, acho que só sinto falta mesmo da FOX. A Warner (ontem vi TBBT na TV!), tirando o BIg Bang, me pareceu só tem enlatados horríveis. A Viva talvez fosse um bom canal para se ter também. Pra minha mãe e pra minha avó, com certeza, mas para mim também...

Esse canal me parece estar fazendo sucesso, mais de uma pessoa já comentou comigo sobre a Escolinha do Professor Raimundo, a qual eu vi um pedaço anteontem. E ontem, após ler a notícia (a qual eu soube pelo twitter (sim, eu entrei no twitter ontem pois o tédio estava excessivo, mas me arrependi)) de que o Casseta e Planeta iria acabar, pensei que talvez a Globo voltasse a passar a Escolinha baseando-se no sucesso da Viva.

A Viva é a prova definitiva da força da nostalgia. Desde os diversos shows da Banda Anjos da Noite cantando os sucessos dos anos 80 até a volta de coisas como Lego, Super Trunfo et al , esse poder só vem se conslidando. O estranho é ver que há também certa nostalgia anos 90, essa eu vivi e não me sinto tão velho a ponto de considerar os anos 90 tão distantes assim.

*ao som de Dream Theater (Octavarium)

26 de nov de 2010

Ascenção e Queda

Uma prévia da retrospectiva musical: Recapitulando as músicas dos últimos dois meses.


25 de nov de 2010

Rio's epic fail 2 (tinha um outro título, mas esqueci)

Minha bateria não permitiu postar isso aqui.

Edit:
Pronto, cheguei em casa vivo. As piadas desse dia:
1) As pessoas fazendo piada
Aparentemente as pessoas não parecem preocupadas, parecem, sim, excitadas. Como se tivessem vendo um filme irado de ação. Fui obrigado a ouvir comentários empolgados sobre tanques nas ruas e soluções óbvias sobre a solução da criminalidade (acho que a pessoa não parou pra pensar "se fosse assim fácil, porque não foi feito antes" e ter percebido a merda que falou)

2) O anúncio de ônibus após as notícias da CBN
O retrato da ironia: após várias notícias de ônibus incendiados, vem uma propaganda do Rio Card com um comentário do tipo "ônibus do Rio cada vez melhor"

3) Bandidos em fuga
Se a Globo consegue vê-los, por que a polícia não consegue?

4) Se um bando de pé de chinelo fudido consegue fazer isso, imagina um terrorista internacional
Aquela balela de reforçar o policiamento para o PAN foi uma verdadeira piada, se desse na telha de um louco internacional fazer merda, ele ia conseguir.

5) Quem ganha com isso?
Isso dá Ibope. Teorias conspiratórias...

6) 910, piada pronta
Ligado na CBN, comecei a ouvir todas as ruas por onde o 910 passa. Talvez seja uma boa evitá-lo.

Tá na hora já da realidade parar de imitar o Tropa de Elite. Bom, me veio uma frase e eu sabia que já tinha visto em algum lugar, achei que era uma música do Iron Maiden, porém é do Metallica: To Live is to die. Não sei se vou à aula amanhã, por um lado sou contra qualquer mudança de rotina por causa dessa babaquice, porém não estou com a menor vontade de sair amanhã (amanhã também não estarei, acredite, até porque a aula é 7 horas e a outra aula é de um laboratório que não dá certo e de tarde tem OI, ou seja, não tem aula de tarde e também já passei em Modelos e Eletrônica eu possso faltar (só pesa o fato de ficar com zero no relatório (fuu))).

Uma musiquita para animar os corações apaixonados:

Chaos A.D.
Tanks on the streets
Confronting police
Bleeding the Plebs
Raging crowd
Burning cars
Bloodshed starts
Who'll be alive?!

Chaos A.D.
Army in siege
Total alarm
I'm sick of this
Inside the state
War is created
No man's land
What is this shit?!

Refuse/Resist
Refuse

Chaos A.D.
Disorder unleashed
Starting to burn
Starting to lynch
Silence means death
Stand on your feet
Inner fear
Your worst enemy

Refuse/Resist

(Sepultura)

http://www.youtube.com/watch?v=6ODNxy3YOPU (tem que ser link porque o babaca da gravadora (provavelmente a mulher do Cavalera) não deixa usar as imagens...

*ao som de Mudvayne (Forget to Remember (foda), TV Radio, Just, All that you are (foda também), Pulling the string) e Metallica (To Live is to Die)

23 de nov de 2010

Dia DM

Pra compensar a presença da ausência do post de ontem, temos dois hoje. O primeiro, técnico, se refere a matlab e este, para xingar muito no twitter no blog (no twitter também, who cares). Dias ruins têm uns padrões: funk no ônibus, bateria do celular acabando. Nunca mais.

Escrevendo uma matriz do MATLAB em um arquivo txt

fid = fopen('arquivo.txt','wt')
fprintf
(fid,'%f\n',nomedavariavel)
fclose
(fid)


Gera um arquivo.txt na pasta onde o matlab esta atuando com o conteúdo da matriz "nomedavariavel".

Adaptado de http://stackoverflow.com/questions/1456882/how-to-print-an-array-to-a-txt-file-in-matlab


Definir uma variável (real ou complexa): syms nomedavariavel

21 de nov de 2010

Minhas influências

Esta escrita estranha e mal formulada não é em vão. Meu convívio com pessoas aleatórias e leituras me levaram e esse "estilo" de (mau) humor nas palavras. Queria fazer esse post mais bem feito, porém meu ócio no intervalo dos estudos (com o msn forever alone) aliado à e(ou i)minente chegada de visitas em casa (e também ao fato de querer terminar Novembro com mais posts que dias (até agora, só um dia sem bostar nada)) me levou a vir aqui e fazer logo esse post. Lá vai:
-Pedrodead e a galera do DrB
Com os posts mais aleatórios, prints mais sem sentido e conversas loucas, sempre me divertindo, também eu segui esse caminho.

-Rock Bola
Além dos bordões ("lave sua boca imunda" e esquema 442, Padre Miguel x Sepetiba), também o estilo de abordagem e a diversão garantida, na boa época do horário das 8 na Rádio Cidade, e divertido até hoje, mas com as mudanças ao longos dos anos.

-Millôr Fernandes
Isso de falar errado de poprósito já veio das brincadeiras do meu avô, mas também o Millôr faz isso. E, claro, a aleatoriedade das suas palavras, sempre enganando o leitor.

-Legião Urbana

-Blog da Harpias
O estilo dela de enumerar as coisas fazendo piadinhas é muito legal, eu já fazia algo assim, mas depois de ler e espremer tudo que consigo do blog dela (já que ela não posta há anos), decidi usar explicitamente em alguns bosts aqui. Ainda acho que ela é a Lygia. E o próprio estilo desse bost é enumerativo.

Não sei se "hão" (do ver hãover) mais coisas, mas se houverem, eu edito esse lixo. Ah sim, claro as influências dos amigos não precisa nem dizer, como disse o Francisco , somos combinações lineares dos amigos.

*ao som de U2 (Surrender e "40")

20 de nov de 2010

Flores do Mal (a do Barão Vermelho)

Viciei em "As Flores do Mal" da Legião e, sem querer, (sempre o Rhythmbox pra me fazer descobrir coisas que eu tenho baixado e nunca ouvi) ouvi "Flores do Mal", do Barão Vermelho. Letra muito interessante.



Não me atire no mar de solidão
Você tem a faca, o queijo e meu coração nas mãos
Não me retalhe em escândalos
Nem tampouco cobre o perdão
Deixe que eu cure a ferida dessa louca paixão
Não me esqueça por tão pouco
Nem diga adeus por engano
Mas é sempre assim
A mesma mão que acaricia, fere e sai furtiva
Faz do amor uma história triste
O bem que você me fez nunca foi real
Da semente mais rica, nasceram flores do mal

*ao som de Frejat (Flores do Mal) e Guns n' Roses (Dead Horse)

19 de nov de 2010

Parabéns, 2010

Finalmente me fez chorar. Perdi as esperanças de justiça dessa vida.

18 de nov de 2010

Ônibus, nem de graça

Com a novidade do bilhete único, venho me beneficiando pegando o segundo ônibus após o da faculdade e deixando de andar os quase 3 km usuais. Mas ao longo da semana, vim refletindo que talvez fosse melhor mesmo ir a pé. E hoje, fui a pé. Felizmente não chuveu no caminho e acordei o Gurgel .

Eis as razões:

- Impaciência
Esperar não é o meu forte.

- Tropa de Elite 2
O crescimento desordenado faz os ônibus ficarem cheios. Ônibus cheio pra ir daqui até ali, nem de graça.

- DJ de ônibus
Impressionante, fora o ônibus da faculdade, isso é quase uma constante.

- Ver pessoas
Não que, no ônibus, não veja, mas na rua é mais dinâmico. Sempre tem aquela cocota pra te dar uma piscadinha.

- Atravessar ruas feito um fodão
Sem olhar pros lados fazendo fuckyea

- Realizar atividades físicas
Afinal, eu não faço nada além de andar. Saudades do tempo que eu fazia futebol e judô no mesmo dia.

Então é só, até mais.

*ao som de Hall and Oates - Out of Touch e Missing You (GTA VC)

17 de nov de 2010

Tudo passa, tudo passará

Além de outras bandas (Sepultura, Slipknot, Dream Theater (essa que é para todas as situações e tem também força) Led e Slayer, aliás, ouvi Slayer e depois Megadeth hoje, será que dá merda?), Legião tem me acompanhado bastante ultimamente. É uma aliança das antigas. Que sobreviveu a todo troll, declarações de desprezo e desgaste natural dos tempos. E, como já disse aqui, o que penso já foi falado no Descobrimento do Brasil. Poderia ficar aqui comentando cada música desse belo álbum (o qual possuo graças às promoções das Lojas Americanas que deixaram vários CDs de Legião bem baratos, o que creio que tenha dado bastante lucro pois essa promoção atravessa anos já (aliás, isso renderia um post inteiro, mas não vou falar sobre isso, até porque já foi escrita essa discussão de preço e vontade de comprar CDs e DVDs, o próprio Renato Russo fala sobre isso numa entrevista que está presente no Renato Russo Presente)), porém tenho que estudar. Vou apenas deixar uma letra inspiradora.


Tudo que sei É que você quis partir Eu quis partir você
Tirar você de mim Demorei para esquecer Demorei para encontrar
Um lugar onde você não me machucasse mais
E aguardei um pouco Por que o tempo é mercúrio cromo
E tempo é tudo que somos Talvez tivéssemos, teríamos tido, tivéramos filhos
Estava lhe ensinando a ler On the road E coisas desiguais
Com você por perto Eu gostava mais de mim


*ao som de Legião Urbana (Vinte e Nove, A Fonte, Do Espírito, Perfeição, O Passeio da Boa Vista e O Descobrimento do Brasil)

16 de nov de 2010

Spectogram

Pesquisar sobre Power Spectral Density (PSD), Short Time Fourier Transform, FFT e a função spectogram do MATLAB. Salvar espectros como *.fig

Ver dados de meteoro e analisar freqüência de aquisição. Fazer spectogram (STFT) e FFT (n=1024) no sinal wav. Para isto, dividir o arquivo (grande, size(y)=77879296 2)) em intervalos de 60 segundos e fazer a FFT (janela temporal).

A=y(1:60*fs); --A recebe os primeiros 60 segundos de y (fs=amostras por segundo)

Pesquisar sobre Filtro Casado e cumulative spectral power analysis. Artigo: a partir de 4.3 Frequency-domain analysis.

Resultados:
Comando do matlab para a determinação da freqüência de amostragem:
[Y,FS,nbits]=wavread('nomedoarquivo.wav');
Resultado: fs=22050, nbits=16. Pelo Teorema de Nyquist, 11025 é a maior freqüência detectável. Fazendo n=1024 na FFT, temos que o intervalo do espectro será 11025/1024.

Rodar "em off": nohup matlab -nodisplay -nosplash -nodesktop -r "nomedoarquivomsemom";quit" &

Dúvidas:
Artigo: Back scatter radar tends to be pulsed and forward scatter continuous wave (CW).

15 de nov de 2010

Mudanças nos ônibus do Rio

Veja também: Novos números de ônibus no Rio

Apesar da lamentável promessa (a qual ainda tenho esperança de ser abandonada) de padronizar a pintura dos ônibus e paulistanizar o Rio, algumas coisas estão melhorando. Vou poder voltar a andar de 175, a empresa que controlava essa linha e que quebrava milhares de vezes por dia faleceu com a entrada dos consórcios e suas linhas agora são controladas por outras empresas. Nunca vi tanto 177 na rua. E é estranho ver a Erig (ou melhor, Gire) na praia de Copacabana e no Aterro. Reparei que algumas linhas mudaram de número:

361 - a antiga S20 linha amarela
360 - a antiga S20 via orla
169 - 175 linha amarela

É provável que outras linhas que possuem variações linha amarela/zona sul/grajaú-jacarepaguá mudem de número. Sobre os ar condicionados, espero que não mudem a pintura, até porque aí teria um argumento mais concreto: como diferenciá-los e também por não aceitarem o bilhete único municipal (apenas o intermunicipal).

Atualização: http://ahvaproinferno2.blogspot.com/2011/02/mudancas-nos-onibus-apos-corredor-em.html
*ao som de Beck (I'm a Loser Baby), Sepultura (Attitude) e Men at Work (Who cant it be now)

14 de nov de 2010

Da necessidade de comunicação

A comunicação é fundamental e uma necessidade para tudo que é vivo. Em todas as suas formas, desde a comunicação visual das plantas que atraem insetos e permitem sua reprodução até o canto dos pássaros, o que permite uma melodia gostosa de se ouvir, quebrando o ritmo sonoro das metrópoles. Mas que palhaçada de texto é esse, que nhem nhem nhem... Passarinhos, florezinhas... pau no cu! Mas sim, a comunicação é fundamental para os "seres viventes" e, principalmente, para nós, humanos, ridículos, limitados que não usam 10% de nossa cabeça animal (em especial em provas que exigem 120% da nossa cabeça animal, com direito a correção esdrúxula de professores mal comidos). E eu não estou fora disso. Estou aqui, me comunicando como posso. Twitter is dead. E, nessa semana que não encontrei quase ninguém, o blog foi fundamental para não conversar sozinho na rua, converso sozinho com o editor do blogspot. Mas, felizmente, "hão" pessoas que sentem minha falta. E isso me deixou feliz. Os resultados dessa semana, além de conseguir estudar no 910, foram mudar um pouco de caminho (e me fuder um bocado, conforme pode ser visto nos outros posts), descobrir que tem gente que se importa comigo (ou não), conseguir me colocar nos eixos para estudo frenético (creio que o mais frenético da minha vida, afinal, são 32 créditos) e escrever pra cacete.
Pessoas que me procuraram barra demonstraram barra declararam sentir minha falta: Angelo, Mendes, Gurgel, Lygia, Luciano, Victor e Ian :)

*ao som de Dream Theater (Regression, Overture 1928, Strange Deja Vu, Through my Words, Fatal Tragedy, Beyond this Life)

13 de nov de 2010

Idéias de girico won't stop: 4 horas e 3 ônibus por apenas R$2,40

No último dia (in)útil da minha saga de caminhos bizarros, decidi voltar pela zona sul. Eu tinha consciência que seria demorado, mas não tinha previsto nos planos que estaria um engarrafamento do cacete no Fundão em véspera de feriado, às 5 horas. Bom, levei uma hora e meia para chegar na linha vermelha e já queria ficar pelo centro mesmo, mas como já havia inserido a idéia no Mendes (e, a essa altura, não possuia argumentos para fazê-lo desistir), cumpri meu carma de voltar pela zona sul e levar longas 4 horas para chegar no lar e poder cantar Trololol (do russo, "estou muito feliz por estar voltando para casa e poder descansar e esticar as pernas no sofá quentinho"). Mas, felizmente, consegui cumprir o horário da integração do BU e peguei 3 ônibus e atravessei verticalmente todo o Rio de Janeiro (o primeiro ônibus, interno da faculdade, era di grátis me levando até Botafogo). Bom, deu para ver também as novidades sensacionais do mundo busólogo na região da zona çul, talvez eu boste isso também. Amanhã, talvez eu poste a respeito dos resultados do meu isolamento, sobre as (poucas) pessoas que sentiram minha falta. Ah, ontem foi o primeiro dia do mês no qual não postei. Cheguei tarde em casa e não estava disposto a pagar 8 reais pelo ônibus/lan house da Real que tem wireless. Ah sim, passei em branco por uma data que achei que ia lembrar, só lembrei ontem. Ontem, ouvi Helloween. Depois de anos. Desprezando. Mas era uma música muito legal, Rise and Fall. Engraçadinha. E ela diz "so better use your brain". Enfim, foda-se.
Posts que estou devendo (devo não nego, pago quando eu quiser, se eu quiser hunf):
-Minhas influências
-Árvore de relacionamentos
-Uma semana forever alone
-Novas novidades çençaçionais do mundo busólogo
-Ascensão e queda

11 de nov de 2010

Você achou que hoje ia passar em branco?

Então quase acertou. Não tenho nada a falar a menos que achei que ia morrer no 910 hoje (um caminhão bateu, mas antes de saber disso, foi assustador ver um carro da polícia desviando a já caótica rota do 910 com helicóptero no ar, perto da Penha) mas consegui fazer uma lista de exercícios no decorrer da viagem. Bom, a boa pra um próximo post será comentar minhas descobertas dos últmos CDs do Ozzy, do Judas e do Guns, achei coisas interessantes. Mas preciso de mais tempo para analisar melhor aqui. Coisa que está escassa.

Ah sim, não possoi deixar de "parabenizarmos" o inoxidável senhor dono do bar da Rua Padre Manso, que me permitiu mijar sem consumir. Afinal, andar de 910 e com vontade de mijar já estaria uma categoria além do desejado, praticamente de monge. Estudarei pois amanhã tem testezinho, experiências que não dão certo e relatório.

*ao som de Metallica (The End of the Line e Broken, Beat & Scarred)

10 de nov de 2010

"A" última mensagem / Cada mergulho é um flash: a arte de se fuder

Antes de mais tudo, minha última mensagem (parênteses longo e explicativo: desde o dia que fui no cinema e decidi viver perigosamente com 2 reais e uma mensagem e liguei pro Ian gastando um real sem entender uma palavra que ele disse, esta última mensagem tomou ares de último biscoito do pacote. Aliada a minha tendência isolacionista desta semana, decidi que usaria só em ocasião muito especial.), êi-la: O agraciado foi o Victor com os seguintes dizeres "Acabo de mandar um dj de onibus se fuder fuckyea". É muito bom, façam isso também. Até o dia que alguém morrer (como um mártir) graças a um bandido que se ofender e der na televisão que isso é caso de polícia.

------------------------------------------------------------

Agora, chegou a hora de falar de "agente se fudemos". Bom, estou estreando uma nova categoria no blog, "idéias de jirico (mas é com g ou com j?), categoria essa que já deveria ter sido feita há tempos pois há tempos tenho idéias esdrúxulas que me fodem. (Acho que perderei meu tempo categorizando alguns posts desse tipo). A idéia de hoje foi: voltar de 910! Tem seus motivos: primeiro, científico, provar que o caminho bizarro do 910 pode ser menos pior que a linha amarela em dias de intenso engarrafamento (coisas que o Mendes sempre defende); segundo, ultimamente venho querendo refletir e nada melhor que o 910, haverá tempo de sobra.

Bom, tentei abstrair a musiquinha de fundo, ao menos não era funk (aparentemente era algo como Ana Carolina ou pagode, não consegui diferenciar (e nem quis)) e aproveitando tudo que a viagem pode oferecer, até o engarrafamento (acho que o nome do lugar é Penha Circular), onde o motorista decidiu fumar. Caralho, nessas horas que eu comecei a pensar nesse post me perguntando "por que comigo? e tudo de uma vez??" musiquinha+cigarro+engarrafamento NO 910 puta merda VDM.

Momento busólogo: reparei que a Três Amigos e a Caprichosa têm,além do adesivo da Transcarioca (conforme dito em http://ahvaproinferno2.blogspot.com/2010/11/bilhete-unico-carioca.html) também tem alguns carros com adesivo da Internorte. Assim como a Madureira Candelária (essa aí então não faria sentido nenhum). Ou seja, vai ser bagunça. Aliás, vi de manhã a Real com transcarioca, o que não faz nenhum sentido também, afinal é a líder da Zona Sul. E tive o desprazer de ver um ônibus com pintura padrão catando passageiros (da Santa Cruz). Na verdade, já tinha visto antes, mas não tinha me dado conta que era a pintura padrão. Achei que fosse um ônibus escolar ou qualquer coisa do tipo. Pintura padrão realmente lamentável.



É um pássaro? É um ônibus escolar? Pirata? É um paulista? Não!! É um lixo? Sim!!

Já na Praça Seca, meu ônibus (a essa altura, o segundo já) foi ultrapassado pelo ônibus da faculdade, o que por um lado foi sacana pois eu saí de lá na mesma hora dele e já taria há muito em casa (apesar de ter passado por ele, ele já estava fazendo o caminho final, já eu desço no primeiro ponto fuckyea), mas por outro lado vejo que as pessoas que descem na Praça Seca em diante se fodem pois "até de 910 dá pra chegar ao mesmo tempo".

Fato aleatório: vi uma propaganda de uma igreja evangélica, na Vila da Penha (eu acho) ostentando o símbolo da região: a igreja (católica) da Penha.

Ah sim, na minha ânsia por comunicação nessa época de incomunicação (e foco nas provas: nunca deixei de entrar no msn por causa de vestibular ou provas da faculdade; dessa vez to fazendo isso.), estou postando loucamente nesse mês de Novembro e tenho algumas idéias para os próximos posts (primeiro passo pra loucura: falar sozinho... É o que tenho feito freneticamente neste espaço).

Próximos posts (ou não):
- Minhas influências
- Minha árvore de relacionamentos (com homenagem ao FlashForward)

Já ia me esquecendo: hoje o dia começou com Justin Bibier no rádio do Cruzeiro do Sul. Felizmente o motorista só lembrou de ligar o rádio na entrada do Fundão.

*ao som de Kreator (People of the Lie, All of the same blood, Phobia, Pleasure to Kill, Renewall, King in Hell, Black Sunrise, Terrible Certainty, Riot of Violence)

9 de nov de 2010

Falta um mês - coisas para se fazer nas férias

Se estiver vivo nas férias, pretendo: aprender a usar o Virtual Box, terminar de ver o Death Note, ver Simpsons, Family Guy e House, ir no Barra Shopping forever alone, fazer uma trilha com o Chicão, fazer atividades com os amiguinhos, escrever a retrospectiva. Mas antes é preciso sumir neste mês. E sobreviver. Resistir é preciso.

*ao som de U2 (Bad, Where the streets have no name)

8 de nov de 2010

Bilhete Único Carioca

Hoje, estreei a integração do bilhete único municipal. Paguei o quanto o 910 vale (R$0,00) piada pronta. Tinha esquecido de como eram as voltas (até que não foi tanto, o que pegou foi mesmo em Ramos). No (longo) caminho, quando cansei de ler jornal e ver as questões insolúveis de Eletrônica III (lembrei do dia que resolvi uma lista de Métodos da Física Teórica no caminho do 910, com direito a sol e velhinha reclamona), reparei na nova distribuição dos ônibus. Ainda não vi nenhum ônibus com a lamentável pintura padrão (na verdade vi, mas estava fora de itinerário, tava só passeando, era da Intersul). Mas a Litoral e alguns carros da Santa Maria já estão com o adesivo da Transcarioca. Uma coisa curiosa: a Três Amigos e a Caprichosa estão como Transcarioca (apesar de pouco ou nada participarem, respectivamente, na região correspondente). A Andorinha está como Santa Cruz, como esperado e uma porrada de Internorte, como se esperaria da região do subúrbio. Na volta, na linha amarela, vi um 175, está já adesivado, mas não prestei atenção se estava como Transcarioca ou Intersul. Na volta, inclusive, fui fazer novamente a integração já aqui no bairro (me poupando do último exercício que eu ainda fazia: andar da Papizzo até em casa de pão durice) e me deu a sensação que tinha mais gente pegando ônibus (os ônibus cheios de costume, mas um deles não costumava ir em pé no ponto onde pego, porém hoje estava assim, talvez seja apenas coincidência)

Assunto nada a ver: hoje, me dei conta que Legião Urbana não dá azar (Cristiano feelings). Até a próxima!!

*ao som de Legião Urbana (Angra dos Reis, Mais do Mesmo e Faroeste Caboclo)

7 de nov de 2010

Vídeo não abre em tela cheia Ubuntu [resolvido]

Graças ao maldito vídeo da SiS, após atualizar o Ubuntu para o 10.10 e atualizar os gráficos para recuperar a 1280 x 800, comecei a ter problema com a exibição de alguns vídeos. Com o reprodutor padrão, alguns vídeos simplesmente não abrem: o Totem fecha assim que abre o video, "se mata" e o VLC dá uma mensagem de erro dizendo que pode haver distorção. Outros abrem, mas ficam com o tamanho pequeno mesmo colocando em tela cheia. Pesquisei na internet e achei apenas um resultado comentando a respeito em http://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=51342.0

Lá, um usuário explicou que se deve ir no VLC em Ferramentas > Preferências > Vídeo, e lá haverá uma opção saída com uma caixa, onde se deve selecionar "SAIDA DE VIDEO DO X11". Vale a dica dada lá: "se quiser usar Linux, nunca compre nada que tenha a marca SiS"

Fiz como o site e agora o video realmente tá abrindo em tela cheia.

Já para o Youtube e sites em flash em geral, a solução aqui foi desabilitar a aceleração. Clique com o botão direito e, em seguida, em configurações e desmarque a caixa de aceleração.

Tive que fazer isso por culpa da placa SiS que não permite o acesso à aceleração e acaba "crashando" o plugin do flash se tentar colocar em tela cheia.

Top ônibus - Outubro

1 Redentor 2 Cruzeiro do Sul 3 Futuro
Meses anteriores
Setembro 1 Redentor 2 Futuro 3 Cruzeiro do Sul
Agosto 1 Cruzeiro do Sul 2 Redentor 3 Barra
Julho 1 Redentor 2 Cruzeiro do Sul 3 Futuro
Junho 1 Redentor 2 Cruzeiro do Sul 3 Futuro
Maio 1 Redentor 2 Vera Cruz 3 Futuro

6 de nov de 2010

autodidata

O próprio indivíduo, com seu esforço particular, intui, busca e pesquisa o material necessário para sua aprendizagem. O termo vem do grego autodídaktos. Que ou quem aprendeu ou aprende por si, sem auxílio de professores.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Autodidata

Como cancelar pacote SMS Vivo

Ligue para *8486
Espere as eventuais propagandas e informação do número de protocolo
Promoções ou pacotes de desconto - 2
Pacotes de desconto, digite 3
Consultar ou cancelar pacotes ativos na sua linha, digite 2
Para cancelar o pacotes de torpedos SMS, digite 1
A partir daí, você ouvirá os pacotes nos quais você se cadastrou e é só confirmar.

Procurei na internet e não achei, o máximo que encontrei foi esse site - http://www.maniadecelular.com.br/15480/cancelamento-promocao-no-meu-celular-como-faco.html - isto, na segunda página do Google! Eu tinha procurado no *8486 e não tinha achado, mas o usuário do fórum acima, o Renan, deu a dica (e me fez ter fé e prosseguir) daí resolvi postar aqui para resumir. Bom, agora cancelei o pacote que tinha pedido. Realmente, parece valer a pena os 50 SMS, sai 10 centavos cada mensagem, mas vou deixar só o pacote de 15 SMS e torcer pra Vivo realmente me dar bônus em torpedos para qualquer operadora (eu cadastrei em um jabá lá no site para pré-pago com bônus em torpedos, espero que não me vá cobrar coisas e tentar me sacanear). Então é isso, espero ter ajudado e não esqueça do comentário. E, se puderem me ajudar, cliquem na propaganda (lá embaixo dos comentários) e esperem carregar, não custa nada pra vocês e eu não ganho quase nada com isso (na verdade até hoje não ganhei um centavo sequer porque precisa de um mínimo de cliques). (y)(y)

*OBS: Para aqueles cujo pacote não consta (o *8486 diz não haver nenhum pacote ativo na linha), eu também enfrentei este problema e resolvi com o serviço de atendimento via SMS. Mandei um SMS com a palavra duvida para 1058 e lá consegui resolver.

5 de nov de 2010

VDM Always

Vão tomar no



Big Bang Theory e eu: começar o último episódio com uma garota agarrando o Leonard VDM. Alguns aliviam sua solidão com gatinhos (no TBBT, adotando-os, na vida real, talvez seja matando-os), outros, postando no blog. Média de posts em Novembro até "hoje" de 8/6=1,33 posts por dia (não é hoje porque eu to editando o blog hoje, que para este post, é amanhã pois este post é de ontem então não sei mais onde estou, roda o pião, Di Caprio. Trata-se de um sistema não causal (ou não))

4 de nov de 2010

VDM, mil vezes VDM

Se sua vida está uma maravilha, PREPARE-SE... Dentro de uma a duas semanas, sua vida será uma MERDA. Pior do que nunca. E, juntando às coisas de sempre, um filha da puta ainda fuma no ônibus. Às vezes é difícil acreditar que tudo isso converja em mim. A vida não é justa, eu sei.

One week of struggling
On the real world is
So you can see

Feel your soul and
Shape your mind to warfare
It's all for real

Live your life
Not the way they taught you
Do what you feel

Survive the jungle
Give me blood
Give me Pain
These scars won't heal

What were you thinking
What a wonderful world
You're full of shit

Leave it behind
They don't care if you cry
All is left is pain

Can you take it?
Can you take it?
Can you take it?
Can you take it?

The only way
To get away
Kill your pride
Attitude

I won't take it
I won't take it
I won't take it
I won't take it

So in the end
I want to see some respect
(I said)
You better show some respect
(I said)
Attitude and respect


*ao som de Sepultura (Attitude, em loop infinito)

3 de nov de 2010

O dia em quadrinhos

Who cares about meu dia, mas foda-se, tá aqui porque quer. Bota na conta do Papa. E eu parei com o twitter. Só umazinha de vez em quando.



Hoje tive prova de Comunicações Analógicas (aka com.anal.), há tempos não saía da prova com uma sensação de...




Caralho eu desenho tão mal que nem quadrinho do Fuu eu consigo fazer. Solução:crtl+c-crtl+v-zar de outras tirinhas riariaria cool face (é sério que eu to perdendo tempo fazendo fuckyea e forever alone do meu dia?)

Tomara que não se torne um...



Física IV feelings

Mas aí na hora do almoço...
Quando decido procurar as pessoas novamente, não encontro ninguém. Vou encher o saco do Leon amanhã hunf.

*ao som de Red Hot Chile Peppers (Fortune Faded), Iron Maiden (Fortunes of War), Dream Theater (Fortune in Lies), Legião Urbana (Geração Coca-Cola e O Reggae) e Beatles (Til There was You, Please Mr. Postman, Roll Over Beethoven, Hold me Tight, You really got a hold on me, I wanna be your man, Devil in her heart, Not a Second Time e Money (Thats want I want)) e durante a descrição das músicas, Slayer (World Painted Blood)

2 de nov de 2010

Octavarium - The Full Circle

alexislago999 posted:
Octavarium is such a mystery isnt it. Well i know the answer to what exactly that song is about, and some of you wont really follow me at first but i will explain.

The song is about Dream Theater and their influence on progressive rock. The first 13 and a half minutes of that song sound very similar to pink floyd, yes, genesis, the beatles, and many other progressive rock pioneers. This is done on purpose, considering that they started the genre, so Dream Theater started the song by playing their music very much like their influences - "i never wanted to become someone like him" basically means Dream Theater, when they were young, never wanted to be like their influences because they wanted to be independent. However no matter how hard they try they will end up being just like them in some way, although still original - "Then all I swore that I would never be was now, so suddenly, the only thing, I wanted, to become, to be someone just like him."

The next part of the song is sort of a metaphoric explanation of how Dream Theater became like them, other than that there is not much i can explain.

At about 14 minutes into the song, a strong, very progressive metalish riff comes into play, and that is where the line "Isn't this where we came in?" (sample from Pink Floyd The Wall) is heard. The basic reason for this quote is to explain that at this point in time (around 1989), Dream Theater opened the door to a new genre (Progmetal, for those of you who dont know). Now Dream Theater realizes that they will always be like their fathers, and yet original, so they pay homage to their influences in this section.

- Sailing on the seven seize the day tripper, diem's ready
...sailing on the seven seas: OMD song
...seize the day: famous DT line from A Change of Seasons
...day tripper: Beatles song
...diem's ready: Carpe Diem from A Change of Seasons

-Jack the ripper, Owen's Wilson Phillips and my supper's ready
...jack the ripper: Judas Priest song
...owen wilson: if you dont know this youre retarded
...phillips and my: not sure lol
...supper's ready: Genesis song

-Lucy in the sky with diamond, Dave's not here ive come to save the day
...lucy in the sky with diamonds: Beatles song
...daves not here: Yes song

-For nightmare cinema show me the way to get back home again
...nightmare cinema: antonym to Dream Theater, and also a joke band they made with Derek Sherinian (former DT keyboardist)
...home: Dream Theater song

-Eugene Gene the dance machine messiah, light my fire, gabba gabba hey hey
...gene gene the dance machine: TV character from the 70-80s
...machine messiah: Yes song
...light my fire: Doors song
...gabba gabba hey: Ramones song

-Hey hey my my generation's home again
...hey hey my my: Neill Young song
...my generation: The Who song
...home again: Dream Theater song again

The next part, Intervals, is about the songs on the album Octavarium itself.
I need not explain, just read this:

The Root of All Evil
Root
Our deadly sins feel his mortal wrath
Remove all obstacles from our path

The Answer Lies Within
Second
Asking questions
Search for clues
The answer's been right in front of you

These Walls
Third
We try to break free
Long to connect
Fall on deaf ears with failed muted breath

I Walk Beside You
Fourth
Loyalty, trust, faith and desire
Carries love through each darkest fire

Panic Attack
Fifth
Tortured insanity
A smothering hell
Try to escape but to no avail

Never Enough
Sixth
The calls of admirers
Who claim they adore
Drain all your lifeblood while begging for more

Sacrificed Sons
Seventh
Innocent victims for merciless crimes
Fall prey to some madman's impulsive designs

Octavarium
Octave
Step after step
We try controlling our fate
When we finally start living it's become too late

Root second third fourth fifth sixth seventh and octave are musical intervals, thus the name of the section. And all the songs on Octavarium are on different scales spaced interavally: Root of all evil is in F, Answer lies within is in G, These walls is in A, I walk beside you is in B, Panic attack is in C, Never enough is in D, Sacrificed sons is in E, and Octavarium is in F, therefore making that album a full circle.

TRAPPED INSIDE THIS OCTAVARIUM basically means that the band cannot be different or independent anymore because they have already defined themselves.

A perfect sphere
Colliding with our fate
The story ends where it began

Notice the first note in The Root Of All Evil is an F, well the last note in Octavarium is the same F, making it a full circle and saying that the story ends where it began musically as well.

This song = pure genius

------------------------

Retirado de http://boards.ign.com/progressive_music_board/b8310/129953463/p2/

PORRA É NESSAS HORAS QUE EU ODEIO O PORTNOY POR TER LARGADO A BANDA! A parte das bandas sendo homenageadas já tinha lido, mas "Intervals" foi genial demais, OMG. E cada música é num tom, credo. Parafraseando um amigo do fórum, "Dream Theater really is cocky as hell"

Tava fazendo uma conta por alto, considerando que Octavarium tenha 20 minutos (na verdade tem 24) e que eu tenha ouvido somente as 68 vezes registradas pelo last.fm, eu teria ouvido coisa como 23 horas, quase um dia inteiro, só de Octavarium (a música).

Ah sim, hoje foi o dia que finalmente o Helloween saiu da minha lista de bandas mais ouvidas no last.fm. Acho que foi ultrapassado pelo Judas Priest, em breve será passado pelo Queen também (257 x 242). Pra ter ficado tanto tempo na lista mesmo depois de muito tempo depois de enjoar, é sinal que foi uma relação muito intensa. (não quero mais saber de Helloween, mas confesso que lembrando deles ontem, deu uma certa vontade de ouvir Keeper of the Seven Keys)

*ao som de Stratovarius (4000 rainy nights) e depois Pink Floyd (Another brick on the Wall parte 2)

Tropa de Elite II é muito foda

Ontem foi um dia bacaninha. Ian atrasado me ligando no meio do filme, não sei como conseguimos achá-lo depois sem telefone (há quem diga que os motivos são óbvios). André Matos do Tropa de Elite não é aquele André Matos que fez o Victor fazer \,,/ e o Adriano não nos apresentou sua amiga. Momento carpe dien: aproveitei ontem para estudar intensamente hoje. Força, é só o fôlego final pra um mês e posso relaxar em paz (mas pelo menos uma vez vou ver se relaxo antes das férias para ir no Castelo (não o das trevas) com o Ian). Mas, vim aqui porque precisava expôr a fodeza do filme. Recomendo a todos os meus zero leitores, me diverti bastante. Além disso, lembrei ontem da minha idéia de fazer o grafo da minha rede social para concluir o quanto meus contatos só levam a mais homens. Podia fazer agora, mas me levaria tempo, talvez eu faça quando estiver se saco cheio de estudar aqui mesmo neste tópico.

------------------------------------------------------
Notícia de hoje de manhã: Oooooooo Antonio Palocci voltou. Aparentemente a Dilma vai dar certas regalias pra Record. Sou da turma que crê em "é melhor uma rede monopolizadora e manipuladora conhecida (e carioca) que uma imitação cristã (e paulista)"

--------------------------------------------------------
Já ia me esquecendo: hoje é dia dos mortos: parabéns a todos vocês! Sem vocês, nosso balanço de carbono estaria condenado. E parabéns à Morte, sem ela, Hitler estaria fazendo stand up comedy num canal de alta audiência hoje em dia. Homenagem: http://www.tv.com/family-guy/death-is-a-bitch/episode/25453/trivia.html



*ao som de Judas Priest (Painkiller, Riding on the Wind, Bloodstone)

1 de nov de 2010

DIlma/É, Não Deu/Oooooo Zé Dirceu voltô

Apesar de toda a minha torcida contra e do apoio do Mick Jagger, a Dilma foi eleita.


Mick Jagger approves... Mas nem assim!

Agora, é torcer, sinceramente, que, por ser mulher, consiga um governo mais organizado, que não haja nenhum sufoco à imprensa (tendo em vista que a mesma vai estar em cima cobrando os casos de corrupção que já estão aí e os que estão por vir, já que isso não deve mudar mesmo, a turma é a mesma!)

Turma da Dilma: dá pra acreditar em mudança com amigos assim?

Se for igual à Michelle Bachelet, tá ótimo. O Chile me parece o melhor país da América Latina, pena que seja na borda do mundo, tudo que constrõem tem que ser reconstruído a cada terremoto. O Brasil não tem isso. Que ironia. Por fim, espero que a Dilma não morra porque se ela morre, vamos ter como presidente ninguém menos que Michel Temer!

*ao som de Dream Theater (Finally Free e Forsaken)

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...