1 de fev de 2012

Coldplay - Mylo Xyloto

Bem atrasado, um post com minhas impressões sobre o último trabalho do Coldplay, Mylo Xyloto (eu leio como Mailo Chilôto), que fez uma apresentação épica no Rock in Rio, trazendo mais fãs. Ficaram muito mais soltos em palco de uns tempos pra cá, mas não deixei de gostar por isso, mas claro que a identificação, lá atrás, com aquele jeitinho britânico típico foi fundamental para me apaixonar pela banda e, desde então, nunca mais largar.

1) Mylo Xyloto
Apenas música de introdução, não tem muito o que apresentar, mas é de uma sonoridade bem legal. Acho que deveria vir junta com a música que veio a seguir, até porque, é difícil separar uma da outra.

2) Hurts Like Heaven
Animadinha, só que fica ainda melhor no meio. Acho que podia ser mais lenta, talvez seja porque eu gostei bastante dela numa versão ao vivo que achei no Youtube, previamente, e era um pouco mais lenta. Mas, pra galera que reclama que Coldplay dá sono, é um tapa na cara.

3) Paradise
À primeira vista, achei esquisitíssima. Mas fui sendo hipnotizado ao longo da execução e fui começando a gostar. Na segunda vez que ouvi, gostei um pouco mais. Depois, fui totalmente tomado. Apesar da construção meio clichê do refrão, me é muito agradável e não consigo mais ver a palavra Paradise sem que ela me venha à cabeça. E foi cantada pela galera no Rock in Rio, uma música nova, eles devem ter se impressionado.

4) Charlie Brown
O início dela já me basta para dizer que é uma música linda. É mais melancólica que as anteriores e por isso mesmo, gosto mais.

5) Us Against The World
Bem tranqüilinha. Eu gosto dela, é bem simpleszinha, mas não dá aquele arrepio como Charlie Brown. Considero música de passagem, com todo respeito. Mas, mesmo assim, vira e mexe e acordo com ela na cabeça

6) M. M. I. X.
Introdução à Every Teardrop is a Waterfall (mais uma que deveria ser juntada), geralmente não ouço no mp3 devido ao intenso ruído ambiente e ela é bem baixinha.

7) Every Teardrop is a Waterfall
A primeira de todo o disco que ouvi. Virou meu despertador, ganhei coraçãozinho no Last.fm, mas acho que, infelizmente, enjoei. Tá, no Rock in Rio, ela voltou a me dar arrepios (até porque veio numa seqüência devastadora) e estou ouvindo ela agora e não estou incomodado. Não, não achei ela ruim, ainda é legalzinha. Mas não dá mais aquela loucura que Charlie Brown agora provoca.

8) Major Minus
É a música mais Rock’n Roll do disco, talvez por isso seja tão rejeitada por neo-fãs. Gosto muito dela. Confesso que, nas primeiras vezes que ouvi, ignorei. Agora, é talvez meu segundo lugar do disco.

9) U. F. O.
Estilo Us against the world, um pouco mais relaxante e mais dinâmica. É algo pra se ouvir quando se quer relaxar (e nem sempre se quer, quando em stress. Geralmente, o melhor a se fazer é ouvir uma porrada e curtir o stress) ou quando já está relaxado

10) Up in Flames
Uma das últimas que ouvi, muito bonita. Me pareceu muito familiar essa música. Da vertente melancólica, com a presença marcante do piano que eu gosto tanto.

11) A Hopeful Transmission
Introdução à Don’t Let it Break Your Heart

12) Don’t let it break your heart
Muito bonita, da vertente mais rápida, mas não, necessariamente agitada

13) Up with Birds
O começo desta é meio irritante, mas pro meio ela é bonitinha. É uma das que menos gosto, ainda que tenha algum apego


*OBS: Moving to Mars

Bem lenta, da vertente “sono” que eu gosto, mas o resto do mundo pega no pé, não foi popular suficiente para ser colocada no disco, só reforçando a magia das músicas lado B, que são achados excelentes.

O disco é muito bom, apesar de ter seu apelo mais pop e “you ain’t A hush of blood to the head”, tem sim seu lado mais “das antigas” e as mudanças sutis que vêm sendo executadas desde o X & Y são benvindas, se fossem bandas diferentes, gostaria muito das duas, ainda assim.

A Hush of Blood to the Head
Viva la Vida
Parachutes
Mylo Xyloto
X & Y

em alto nivel.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...