6 de out de 2013

Ubuntu 12.10+: primeiros procedimentos

Após instalar o Ubuntu na sua máquina, é importante usar esses procedimentos para um melhor desempenho. Antes desses comandos, dê um sudo apt-get update para garantir os repositórios mais atualizados.

0) Habilitar o touchpad
Para quem usa laptop, o Ubuntu vem por padrão com o touchpad desabilitado para clicar (só funciona para mover o ponteiro do mouse). Vá nas Ferramentas do Sistema e selecione Mouse e Touchpad. Ative a opção Ativar cliques de mouse com o touchpad.

1) Instalar Flash e Java [Fonte]

:$sudo apt-get install openjdk-7-jre icedtea-7-plugin flashplugin-installer

2) Colocar o Ubuntu para usar a interface Gnome.
Se você não tiver usando o Ubuntu Gnome, terá que instalar um programa para mudar a interface do Unity (com ícones na lateral esquerda) para o simplista Gnome, conhecido como Gnome Classic.

:$sudo apt-get install gnome-session-fallback




3) Ativar o mp3
Como o mp3 é uma extensão proprietária, ela não é habilitada por padrão. Você terá que pegar um plugin livre que faça esse serviço para poder ouvir mp3 no Rhythmbox (ou usar o VLC que já vem com tudo instalado, seja áudio ou vídeo). Se o Synaptic não estiver instalado, instale-o antes (sudo apt-get install synaptic)

-Abra o Synaptic e digite na busca gstreamer.
-Selecione os pacotes gstreamer1.0-plugins-ugly e gstreamer1.0-plugins-bad
-Volte ao Rhythmbox e clique em Preferences, selecione Preferred Format como MPEG Layer 3 e clique em Install aditional software required. Selecione a biblioteca gstreamer

Lembrando que, com o VLC, não precisa fazer nada disso, basta instalá-lo que já vem com os codecs instalados.

4) Desativar a busca ao digitar [Fontes: 1 e 2]

Muito chato procurar algo pela primeira letra e virar uma busca. Para desabilitar, é preciso instalar o Nemo.
:$sudo add-apt-repository ppa:gwendal-lebihan-dev/cinnamon-stable
:$sudo apt-get update
:$sudo apt-get install nemo

E, para usá-lo como padrão no lugar do Nautilus para visualização gráfica de arquivos (para mais detalhes, leia aqui, em inglês):

:$xdg-mime default nemo.desktop inode/directory application/x-gnome-saved-search
:$gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons false
:$gsettings set org.nemo.desktop show-desktop-icons true

5) Desabilitar avisos de "crash" [Fonte]


Eu achava que eu tinha muitos desses avisos "Sorry, Ubuntu 12.10 has experienced an internal error" por conta do meu computador em estado terminal (e, nesse sentido, o Ubuntu tá de parabéns só por estar funcionando de forma usável nessa carroça), mas acabei descobrindo que muita gente também recebe milhões de notificações desse tipo também. Para desabilitar, digite

:$sudo gedit /etc/default/apport

E mude o número de 1 para 0 do arquivo texto que abrir.

6) Habilitar arquivos .rar [Fonte]

:$sudo apt-get install rar

7) Ligar o wifi automaticamente ao iniciar [Fonte]
Acontece aqui de o laptop não ligar o Wifi automaticamente após ser desligado, então tenho que ligar usando a tecla Fn. Para não precisar usar o Fn toda vez que ligar o computador, edite o arquivo rc.local da seguinte maneira:



sudo gedit /etc/rc.local

O conteúdo deve ser o seguinte:
#!/bin/sh -e
#
# rc.local
#
# This script is executed at the end of each multiuser runlevel.
# Make sure that the script will "exit 0" on success or any other
# value on error.
#
# In order to enable or disable this script just change the execution
# bits.
#
# By default this script does nothing.
exit 0

Loco acima da linha exit 0, adicione rfkill unblock wifi. Atenção que não deve ter uma linha em branco entre "# By default this script does nothing." e a linha que você adicionou, ou seja, tem que ficar assim:

...
# By default this script does nothing.
rfkill unblock wifi
exit 0

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...