18 de jan de 2012

Alteração em leis no RJ

Hoje, fui surpreendido com uma mudança em algumas leis, de maneira peculiar. Antes de saber, estava impressionado como o trânsito estava caótico hoje, mas prossegui, afinal, podia ser apenas a pressa cotidiana das pessoas. Até que fui surpreendido por um carro da polícia parando no ponto de ônibus, o que, na lei que estava em vigor na minha cabeça, era proibido.






Código de Trânsito Brasileiro 

550 -  Estacionar veículo em ponto de ônibus.
Código de Trânsito Brasileiro (CTB) - Art. 181, inciso XIII Infração: Média - 04 (quatro) pontos Penalidade: Multa - R$ 85,13 Medida administrativa:Remoção do veículo.
O que diz a Lei: 

Art. 181. Estacionar o veículo: 
XIII - onde houver sinalização horizontal delimitadora de ponto de embarque ou desembarque de passageiros de transporte coletivo ou, na inexistência desta sinalização, no intervalo compreendido entre dez metros antes e depois do marco do ponto.


Então, fui informado que esta lei caiu. E tal foi minha surpresa ao saber que outras leis também haviam sido modificadas! Fiquei chocado e preocupado, mas como bom cidadão carioca, me conformei com os absurdos.


Logo após isso, fiquei preocupado com a segurança dos pedestres, mas paciência. A seguinte lei foi alterada!


Art. 208. Avançar o sinal vermelho do semáforo ou o de parada obrigatória: 

Infração - gravíssima; 

Penalidade - multa. 


Agora, sempre que julgar importante o avanço de sinal, qualquer motorista pode avançar, mesmo que estejam pedestres na faixa. Em caso de pedestres insistirem em atravessar, desrespeitando a necessidade de furar o sinal de um motorista, podem até ser presos por colocarem sua própria vida em risco, sob a acusação de suicídio culposo. Então, pedestre, alerta! Mesmo que o sinal esteja verde pra você, a partir de agora, você tem que tomar cuidado para não atropelar os carros!

Eu, prossegui relaxado nas minhas andanças pela cidade, vendo ,na prática, o que havia mudado. É realmente engraçado as motos pela calçada e/ou na contramão, só que muita coisa mudou para acabar essa injustiça que faziam com os pobres motoqueiros de serem obrigados a fazer retornos como os carros ou mesmo, seguir a mão. A partir de agora, estão liberadas quaisquer pistas em quaisquer direções para motos, que podem também usar de calçadas, canteiros, jardins e agulhas conforme a menor distância, quem for pego fazendo retorno na placa a seguir pode se ferrar!

Também estão liberadas as passarelas, antes somente liberadas para pedestres e ciclistas desmontados, agora ciclistas e motociclistas podem acessar passarelas e passagens subterrâneas montados, estando os pedestres sujeitos às mesmas regras do avanço do sinal verde citado acima. O que, devemos admitir, foi um alívio e o fim de uma hipocrisia, já que todo mundo usava as passarelas e os contornos proibidos mesmo, pelo menos essas pessoas tão necessitadas não vão correr o risco de serem multadas. E, claro, costurar o trânsito continua liberado, como na regra antiga.


Mas a regra que mais me incomodou, na verdade, foi a permissão para o uso de aparelhos de som em transporte coletivo! Algo que sempre me incomodou, bom deve ter algum bom motivo para isto tudo. Quem sabe a mistura musical não fique tão zoneada a ponto de as pessoas, finalmente, colocarem o fone para entender a própria música.


E, por fim, estão liberadas as vagas para deficientes, os aumentos no preço das passagens, o nepotismo, o suborno... E, notícia de última hora, atenção: FOI PERMITIDO O USO DE CEROL. Por sinal, soltar pipa foi considerado um patrimônio cultural e pisar nas linhas ou rasgar papagaios agora é crime contra o patrimônio!


Tudo isso parece absurdo não é mesmo? E é! Mas, se repararmos bem, ter ou não ter essas leis enlouquecidas faria alguma diferença? Diariamente, temos que tomar cuidado com carros avançando o sinal mesmo quando estamos na faixa, no nosso tempo. Quantos não perderam o retrovisor com motos costurando o trânsito. Todas essas infrações, vocês já devem ter visto algum caso. Mas, pense bem, por outro lado, já viu alguém ser multado, chamado atenção, preso, repreendido pelas mesmas coisas? Talvez se essa notícia fosse séria, não sei se faria realmente muita diferença. 


E, para somar, hoje é o dia do protesto mundial contra a censura na internet. Abaixo SOPA e PIPA. E diria mais, pipa de soltar também não faria muita diferença não hein...








Um comentário:

Anne Luka disse...

Uau... nunca imaginaria numa situação dessas.. Ainda bem que eu não moro no Rio... hahahhahahahahaha

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...