20 de jul de 2010

Um dia DAQUELES

Querido dário vírgola o dia dia que começou, aparentemente, sem pretensões de ser um dia péssimo (com exceção da certeza que iria me fuder na prova de sistemas digitais)... Até que eu descubro que o São João x Barra não está mais entrando no Fundão quando ele, como nos meus pensamentos negativos, vira pro lado oposto do Fundão




A parte de se fuder na prova já foi citada, nenhma surpresa (apenas para os que pretendiam colar, posi o professor ceifou o compartilhamento de informações (ou pelo menos só fingiu ser mais difícil, após isso, sumiu da sala, deixando-a vazia) e eu que não colo (é um dogma, paciência), reprovo mas não colo, me fudi sozinho independente dos outros, mas ainda há salvação, segundo as pessoas que passaram no período passado e juram que não sabem como).

Na aula de evolução da ciência, após entregar o trabalho escrito, o professor me roga a surpresa que eu teria que apresentá-lo na hora, pra incrível platéia de quase 70% das pessoas desconhecidas. A arte de fuder com os outros...

Tá, o almoço. Já atrasado, almocei com meus chefes... No kilo what's? , vi uma garota pegável que valia a pena pois só pegou carne e batata frita. Pena que tinha um panaca que estava já a agarrando... Prova de sistemas lineares, a bomba inesperada. Final me esperando já... Saio tarde da longa prova e tomo esporro do professor da outra matéria, a qual estou em recuperação, pois "eu tinha chegado 10 minutos atrasado" pro exercício valendo nota que ele passou... Okay, okay. Vou pegar o ônibuszinho pra casa. Encontrei o Adriano no bloco H, trazendo a discórdia.

Num engarrafamento monstruoso fudido, depois de alguns minutos nem ônibus interno passava mais na Reitoria. Apenas o cara maluco que ficava afinando o violão e uma fila de várias pessoas enfurecidas com oatraso do maldito ônibus. Depois de ser informado que o ônibus não ia conseguir chegar na reitoria, andamos da Reitoria até o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (segundo o Google Maps, 3 km) e pude comprovar o caos instalado.

Ah sim, meu dia começou pisando na lama, é que isso já ficou tão comum depois das obras aqui que esqueci de mencionar.

Bom, pelo menos descobri que passei direto em Eletrônica (aulas boas + estudo dirigido dá nisso) e acho que estou livre de evolujokes... e, provavelmente, de piadas eletromagnéticas.

E assim termina o dia do miguxXxXxXXxu (a Rayne me desejou feliz dia do amigo, se não fosse ela e o professor agradecendo alto um telefone de dia do amigo na sala, nem iria saber (tá, eu saberia agora, com as piadinhas que o Carlos tá fazendo do dia do amigo rere))


Nenhum comentário:

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...