19 de jul de 2010

Mudar teclas de atalho para mostrar área de trabalho e konsole no Red Hat

Vou mostrar aqui o que fiz hoje para mudar a tecla de atalho ctrl+alt+d do Red Hat (KDE) que exibe a área de trabalho pra tradicional windows+d que eu trouxe dovício do Windows e do Ubuntu, já que também adaptei pro Ubuntu (conforme este tópico). Já havia explicado como mudar o atalho no ambiente Debian do Ubuntu (Mudando o atalho da área de trabalho e do terminal em Shit happens e ctrl+alt+del no ubuntu).

No Red Hat, temos que fazer o seguinte: no menu do chapéu, clicar em "Control Center" e ir na aba Regional & Acessibility . Assim, em Keyboard Shortcuts, há uma série de comandos pré-programados, um deles é show desktop. Lá, é só setar o comando que você desejar. Já para abrir o konsole (ou terminal para o Ubuntu), tem que ir em input actions para criar um novo atalho. Escolha um nome (eu escolhi terminal pois é o nome que estou habituado), o atalho em keyboard shortcut e finalmente o comando que esse atalho vai executar, no caso, ``konsole'' . As figuras resumem:



Observação: não cometa o mesmo erro da figura acima. Como eu não sabia que havia os comando pré-selecionados , eu tentei criar um comando para exibir a área de trabalho, em analogia com o que eu sabia do Ubuntu. Porém, não deu certo e acabou dando conflito depois que setei o comando no keyboard shortcuts. Resolvi apagando esse atalho. Então, o para o comando para executar a linha de comando, o konsole, devemos ir em input actions e para o show desktop, em keyboard shortcuts.

Meu primeiro contato com o Red Hat não foi dos melhores, eu usava um Fedora Core 2 uu que não funcionava quase nada, era muito ruim. Esse Red Hat é, sem dúvidas, muito superior, é a versão atual. É provável que esse jeito de ajustar os atalhos só funcione em versões mais recentes do Red Hat. Se não funcionar, o jeito é tentar no jeito que eu mencionei pro Ubuntu. Apesar de esse Red Hat ser muito bom, ainda prefiro o Ubuntu. Pode ser trauma, costume, acho que é simpatia mesmo.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...