27 de nov de 2010

Canal Viva - A prova definitiva do poder da nostalgia

Pacote de televisão básica com internet de um mega da NET: 69,90
Bolsa de Iniciação Científica: 360,00
Acordar vendo Futurama na televisão: não tem preço

Tem coisas que o meu dinheiro não pode pagar. Para isso, existem os serviços de degustação da NET S2

Esses últimos dias tenho me divertido à beça com a maior opção de canais para ficar passando sem ver nenhum (grande terapia) graças à querida NET que me oferece o cabo da alegria, com televisão aberta sem ruído (no chifrinho, era só Globo e Record e olhe lá) e alguns (poucos) canais fechados , além da BANDA LARGA. Pra dizer a verdade, a maioria dos programas da televisão fechada é um lixo, acho que só sinto falta mesmo da FOX. A Warner (ontem vi TBBT na TV!), tirando o BIg Bang, me pareceu só tem enlatados horríveis. A Viva talvez fosse um bom canal para se ter também. Pra minha mãe e pra minha avó, com certeza, mas para mim também...

Esse canal me parece estar fazendo sucesso, mais de uma pessoa já comentou comigo sobre a Escolinha do Professor Raimundo, a qual eu vi um pedaço anteontem. E ontem, após ler a notícia (a qual eu soube pelo twitter (sim, eu entrei no twitter ontem pois o tédio estava excessivo, mas me arrependi)) de que o Casseta e Planeta iria acabar, pensei que talvez a Globo voltasse a passar a Escolinha baseando-se no sucesso da Viva.

A Viva é a prova definitiva da força da nostalgia. Desde os diversos shows da Banda Anjos da Noite cantando os sucessos dos anos 80 até a volta de coisas como Lego, Super Trunfo et al , esse poder só vem se conslidando. O estranho é ver que há também certa nostalgia anos 90, essa eu vivi e não me sinto tão velho a ponto de considerar os anos 90 tão distantes assim.

*ao som de Dream Theater (Octavarium)

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Raphael Fernandes
Carioca, Brasileiro, Estudante de Robótica
Hiperativo, Imperativo
Gosto de tecnologia, de transporte, de Rock, de reclamar e de propagandas criativas (e outras coisas que posso ter falado em um post ou não)
Musicalmente falando, sou assim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja também...